segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Então mais uma noite chata onde não acontece nada. A mesma sensação de tédio.  O que fazer?!  Nem sei.
Começo a desenhar um monólogo comigo mesma sabe?!, ás vezes isso é bom pra espantar algumas ideias negativas que insistem em permanecer ali, quase igual aquelas plantas trepadeiras ,que se você der espaço e um pouquinho de atenção elas tomam todos os espaços. Dai sabe o que pensei?! Que o tempo poderia ir e vir... Imagine a gama de possibilidades... De evitar erros terríveis, noites de insônia e afins, ou aquele episódio de choro intermináaaaaaavel...  Só que na verdade ele só vai.
E assim ele se foi. O TEMPO. Levou algumas coisas com ele. Pensei nas pessoas que estavam e agora ops. Sumiram. E se vão sem deixar aviso , mas o mais engraçado é que não se sente falta delas. É verdade! Pensa só, se fizessem falta, logo um torpedo seu, um e-mail, um post , qualquer coisa serviria pra dizer "oi! ainda estou aqui e sentindo que você não." Pois é... Essas coisas nem acontecem quando realmente se sente falta. E assim o tempo para.
Estranho pensar assim... Mas é como se ele nem quisesse passar.
Assim eu continuo a caminhar pela rua de pedra, sem me importar com a chuva que ameaçava cair , cara para! Melhor coisa do mundo é um banho de chuva. Sério. Te dá a plena sensação de liberdade... Por alguns segundos você não é preso a nada e quase volta, instantaneamente a ser uma criança! O Riso sempre fica estampado pelo menos no meu rosto.
Sei lá! Queria mesmo era uma noite sem problemas, tranquila e que eu pudesse simplesmente esquecer que o tempo passa.
Me equilibrava no meio-fio afim de tentar atravessar outra calçada. Até que revi você.
Caramba.!!!! Meu coração batia tão intensamente....Eu vi minhas pernas tremerem...Eu senti minhas mãos gelarem...Eu poderia jurar que até a chuva parou assim, no tempo, e o pingo se perdeu sem saber se ia pro chão ou voltava pro céu.
E eu ali, andando em sua direção e você... Lembra quando eu disse a respeito do tempo ir e vir?
Engraçado porque ele pra mim nem parece que passou...
Uaul.. E você nem mudou! O mesmo rosto de sempre... a mesma postura o mesmo cheiro de loção pós barba... caramba... O tempo não te modificou em nada...
Você ainda parece aquele garoto tão chato e estranho.... Que pegava no meu pé por nada.Mais que eu adorava quando fazia isso. Era sua forma de dizer que se importava né?! Estranho porque mesmo sabendo o quanto me importava com você o tempo nos levou pra longe... E agora ali, de novo a gente se esbarra pelo tempo que passou, o gosto do reencontro.. Que beleza ... Sabe?!, eu não deixei de me importar... apenas queria que soubesse...

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado Vinicius.... :) depois de um tempo sem postar necessidade de escrever é grande!

      Excluir